Clinica Santa Isabel
 
Hospital Santa Isabel

Polícia Militar e Polícia Civil elucidam mais um crime em Ubá

Exibindo foto.JPG

No dia 22 de julho de 2014 a Policia Militar foi acionada para comparecer até a Praça Getúlio Vargas, local no qual havia acabado de ocorrer uma tentativa de homicídio contra MIGUEL ANGELO. Após patrulhamento a Policia Militar obteve êxito em localizar e apreender os autores EDMAR WELERSON CALIXTO FERNANDES e o adolescente infrator L.A., sendo ambos conduzidos ate a presença do Delegado Titular da Delegacia ANTIDROGAS E HOMICÍDIOS, Dr. Rafael Gomes de Oliveira, que após interrogatório dos suspeitos conseguiu que o adolescente infrator confessasse a prática do crime e contasse como o mesmo ocorreu.

Exibindo image (2).jpeg

Dando continuidade as investigações, a equipe da Policia Civil conseguiu localizar e apreender a arma utilizada no crime, um revolver calibre 38.

Exibindo image.jpeg

Segundo o Delegado Dr. Rafael Gomes de Oliveira: “Nossa equipe já realizou a prisão do adolescente infrator neste ano em razão do crime de homicídio consumado cometido contra a vitima de alcunha “Feijão”. Na oportunidade representamos pela internação do adolescente que ficou recolhido durante sete dias, tendo que ser liberado devido a ausência de estabelecimento adequado em nossa cidade. Frise-se que o adolescente já possui diversas passagens por crimes de homicídio, razão pela qual vamos representar ainda hoje pela internação do mesmo, nos reunindo com outras Autoridades na busca por uma vaga, uma vez que o adolescente representa perigo imensurável à sociedade”.

Exibindo image[1].jpeg

Delegado Regional: Dr. Carlos Alves Francisco
Delegado Titular: Dr. Rafael Gomes de Oliveira
Equipe de Investigadores: Lucas, Carlos, Pedro, Gláucia, Alexandre e Cleber

Ação animal na Praça São Januário

Exibindo 10505498_694165157323752_3618532906984445015_n.jpg
Acontece neste sábado(26), na praça São Januário,  a partir das 9h00 ate as 13h00 hrs, o evento “Ação Animal”. Evento que procura além de trazer para mais perto das pessoas a conscientização, sobre ter uma posse responsável de um animal, a importância da castração e debater sobre os maus tratos com os animais, e como evitar isso. E também poderá ser feito doações, ou adotar animais.
Organizado pela ADA(Amigos Dos Animais), procura levar a conscientização as pessoas, sobre como tratar da melhor forma um animal de estimação. Ela leva para as pessoas que se sentem sozinha e precisando de companhia, a oportunidade de adotarem um animalzinho de estimação, assim ambos se ajudam dando um lar para esses animais e a pessoa ganha uma bela companhia.
Alem de apenas uma simples adoção, que dará um lar a estes animais, poderá também ser feito doações,nas quais ajudam esses animais mesmo sem um lar, ficarem fortes e saudáveis com apenas sua ajuda. O evento e voltado a todos, mesmo que você não vá adotar e nem fazer alguma doação, você ainda poderá, ver e se conscientizar e saber melhor sobre variados assuntos sobre animais.

Defesa Civil e Corpo de Bombeiros alertam para perigos de incêndios

Fazer queimadas em áreas de pastagem e em áreas de plantações é uma prática agrícola indígena antiga, conhecida nos livros de história como coivara e condenada pelas conseqüências danosas ao solo, à fauna, à flora e às pessoas, pois causam problemas respiratórios além de acarretar riscos de incêndios que podem atingir residências, indústrias e a rede de energia elétrica provocando danos materiais. Muitas vezes, os locais incendiados são de difícil acesso, aumentando ainda mais os danos ao meio ambiente.  A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Ubá alertam quanto à prática e num trabalho de prevenção, monitoram as queimadas que acontecem em Ubá e região buscando evitá-las ou apagando o fogo quando não conseguem impedir que aconteçam.  Aldeir Ferraz, coordenador da Proteção e Defesa Civil de Ubá, falou: “estamos vivendo um período de estiagem que deixa em alerta a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros devido ao risco de incêndios no perímetro urbano e também na zona rural. A maioria dos incêndios são provocados por ação humana. Uma simples ponta de cigarro acesa atirada na beira de estrada ou de um lote com o mato seco, provoca um incêndio que pode estar afetando casas, animais, plantas, rede elétrica e pode também estar provocando problemas respiratórios. A Defesa Civil orienta para que evite-se as queimadas que podem ser transformadas em incêndio que podem causar danos diversos.”

O destacamento do Corpo de Bombeiros de Ubá, também atento aos problemas causados pelas queimadas, alerta a população sobre os perigos, e o bombeiro militar Tenente Guilharducci também falou: “as queimadas são proibidas por lei e não devem ser feitas a não ser com autorização do Instituto Estadual de Florestas. Para  realizá-la o proprietário deve estar de posse de uma autorização do IEF, deve avisar ao Corpo de Bombeiros, à Polícia Militar, à Companhia de Energia Elétrica e comunicar aos vizinhos onde será feita a limpeza pois, caso contrário, estará descumprindo a lei e estará sujeito às sanções penais cabíveis.Os proprietários de grandes terrenos devem fazer os aceiros de pelo menos um metro e meio para evitar a propagação do fogo. Incêndios florestais são causados, em sua maioria, pela ação humana intencional. As pessoas colocam fogo utilizando uma prática antiga achando que estão beneficiando o terreno e os estudos comprovaram que as queimadas danificam o solo, prejudicam a atmosfera, prejudicam os vizinhos, contribuem para o aumento das doenças respiratórias além de danificar a fauna, a flora e a terra. Qualquer tipo de incêndio florestal, em lotes vagos, terrenos baldios ou em matas de vegetação nativa devem ser comunicados ao telefone 193, que é o telefone emergencial do Corpo de Bombeiros.”

Faixas de sinalização de trânsito são revitalizadas

 

A Prefeitura de Ubá, através da Divisão de Trânsito da Secretaria Municipal do Ambiente e Mobilidade Urbana, está revitalizando as pinturas de sinalização de trânsito e alterando alguns pontos de estacionamento nas vias públicas da cidade.

Visando melhorar a segurança no trânsito e o fluxo de veículos e pedestres, nas ruas São José, Duque de Caxias e Sete de Setembro não é permitido estacionar. Na continuação da Duque de Caxias, na Praça Guido Marlière foram delimitadas 2 faixas de trânsito e no local também é proibido o estacionamento. Um local em frente à Biblioteca Municipal está destinado aos mototáxis que ficavam estacionados na rua Duque de Caxias.

A pintura de faixas ocorre no período noturno, horário de menor tráfego de veículos, até as 04h30, para que haja um período de secagem das tintas até as ruas serem tomadas pelo trânsito intenso do início da manhã.

A Castração dos animais é a melhor solução

Aconteceu neste ultimo domingo (20), na Praça São Januário, a Marcha da Defesa Animal, que reuniu os amantes de animais, em prol da castração dos bichinhos de rua, para evitar maus-tratos e a morte deles. Na maioria das vezes eles sofrem, uma vez que população canina cresce a cada dia. Essa marcha buscou conscientização das pessoas, que a melhor forma é a castração, não o abandono ou a morte desses animais.

Acontecendo pela segunda vez na cidade, a Marcha da Defesa Animal, teve apoio de vários donos de animais, que saíram as ruas com cartazes, pedindo o fim dos maus-tratos de animais. E como acontece por muitas vezes, a morte desses animais, que muitas das vezes são os cachorros, esses são abandonados ou envenenados. A proliferação de Cachorros na cidade, hoje vem aumentando cada vez mais. E como uma saída para isso, algumas pessoas se vêm no direito de tirar a vida desses animais.

Essa marcha chega com esse objetivo, de conscientizar e informar que a melhor forma é a castração desses animais. Para tanto, o constante número de gatos e cachorros parem de aumentar. Outro ponto debatido foi a do abandono de animais. Fato que acontece quase todos os dias, independente do animal, seja ele gato ou cachorro. A Marcha da Defesa Animal aconteceu em Ubá, mas ela já tem caráter nacional, e vários temas sobre animais, e sua proteção são debatidos.

Seja qual for o animal, a Marcha da Defesa Animal procura defendê-los, desde o animal mais raro da natureza, ao mais comum, como os animais domésticos. Eles procuram defender a vida desses que por muitas vezes, e visto por algumas pessoas como um nada, e daí, surgem os maus-tratos, mortes e abandono. A próxima marcha acontece esse ano, e será organizada em Guidoval.

A Comunidade de São Judas Tadeu promove feijoada visando às obras da capela

DSC_8558[1]

DSC_8567[1]

Ubá – A Comunidade de São Judas Tadeu promoveu neste domingo (20), uma feijoada com o objetivo de arrecadar fundos para a construção da  capela de seu padroeiro. O evento aconteceu na Igreja de Santa Bernadete e contou com a participação de centenas de fiéis. Ao todo, quase 500 ingressos foram vendidos, segundo o Padre Almir Pereira Lopes, pároco da Igreja Matriz de Santa Bernadete e presidente da Comunidade de São Judas Tadeu.

DSC_8557[1]

A igreja de São Judas Tadeu será construída no Residencial São José, sentido Bairro Ponte Preta. O terreno medindo 300M² é plano, o que facilita o início das obras, tornando-a mais barata. O espaço foi doado pelo fervoroso católico e praticante Afonso presidente do grupo Mavaular.

DSC_8547[1]

A coordenadora da Comunidade de São Judas Tadeu Silvânia Aparecida Sperandio Ribeiro estava radiante. Ela agradeceu a todos pelo apoio e participação, renovando o convite para toda comunidade cristã continuar participando dos eventos, acompanhando as palavras do padre Almir Pereira Lopes. O anfitrião fez questão de cumprimentar a todos os presentes, indo às mesas fazer as honras da casa.

DSC_8550[1]

17º Encontro Regional dos Agentes de Pastoral Negros movimentou a Praça São Januário neste sábado.

Ubá – Aconteceu neste sábado (19) das 9h até 12h40min, na Praça São Januário, o 17º Encontro Regional dos Agentes de Pastoral Negros. Evento que a cada ano procura abordar um tema sobre a cultura negra.  E este ano visa, a juventude negra e os desafios para a realização da cidadania: racismo e segurança pública.

Tendo inicio em 1997 e, completando agora seus 17 anos. Isso tudo vem sendo promovido por meio dos Agentes de Pastoral Negros. Todos os temas são voltados sobre questões raciais e que envolvam a cultura negra. Assim, procurando cada vez mais, acabar um pouco com toda a discriminação racial existente entre as pessoas por meio de debates, e conscientização. Esse foi o primeiro ano em que esse evento ocorreu de maneira aberta, não se limitando apenas a alguns, e agora, buscando atingir um público cada vez maior.

Tendo início às 9h, o evento contou com a participação do grupo Abadá Capoeira, que ensinou um pouco da história, e deu uma pequena explicação sobre a cultura da capoeira, e tudo o que ela envolve, além de suas apresentações de rodas de capoeira. E em seguida houve a apresentação do grupo de Congada Nossa Senhora Aparecida, que também trouxe os ensinamentos sobre o congado, e se apresentou aos espectadores presentes no evento.

Grupos de dança de rua também tiveram a oportunidade de se apresentarem ao público. E brindes fornecidos pelos patrocinadores do evento, foram distribuídos, por meio de um quiz de conhecimentos, sobre a cultura negra. Esse foi um evento para toda a família começar bem o seu dia, e absorver cada vez mais a cultura brasileira. Foram feitas palestras e debates envolvendo as questões de racismo e segurança pública, na qual buscou conscientizar jovens e adultos. E como última atração, Pereira da Viola se apresentou ao público. Tudo isso aconteceu na Praça São Januário em frente ao Paço Municipal.

Por: João Paulo Marcelino

Centro POP promove palestras de sensibilização dos usuários

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) de Ubá/MG promoveu, em parceria com a equipe dos Alcoólicos Anônimos (AA), na tarde do dia 16 de julho, palestra sobre o uso abusivo de álcool. O evento faz parte de um trabalho de sensibilização dos usuários do serviço sobre a dependência química e de álcool que contou, também, com uma oficina de formação pública de Narcóticos Anônimos (NA) realizada no dia 28 de maio.“O vício em álcool e drogas é um dos principais motivadores da situação de rua. Diante disso tivemos a ideia de promover as palestras com os usuários do nosso serviço”, relatou o Educador Social, Fabrício Aguiar da Silva. “Diante de uma realidade de consumo de drogas e de álcool, promover essas palestras e rodas de conversa teve como objetivo a sensibilização dos usuários do Centro POP a romperem ou diminuírem o círculo de dependência destas substâncias para que estes obtenham melhorias na qualidade de vida e contribuindo para o resgate e fortalecimento de seus vínculos sociais e familiares”, completou o Assistente Social, Pedro Gazolla.
“Essas ações servem para reduzir o problema da dependência química e de álcool entre as pessoas em situação de rua porque, assim, o usuário tem a oportunidade de descobrir que existem outros caminhos e de conhecer, na prática, casos de pessoas que conseguiram vencer ou estão vencendo o vício”, finalizou o Coordenador do Centro POP, Guilherme Pereira Leal. Vivenciando na pele esta realidade, CASV, 39 Anos, usuário do Centro POP, relata a importância dos serviços prestados pelo Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua. “O Centro Pop, melhorou muito a vida das pessoas que vivem nas ruas. É muito bom ter um lugar para lavar a roupa, tomar banho, poder fazer cursos, ter pessoas para a gente conversar. Essas palestras sobre álcool e drogas são boas porque ajudam a gente a prestar atenção nas informações para que a gente possa parar de beber e ter uma vida melhor”, afirmou.

Programa Educação para Jovens e Adultos realiza capacitação

Os educadores do programa “Educação de Jovens e Adultos” (EJA) do município de Ubá
participaram de uma capacitação e de um reunião pedagógica na noite da última segunda-feira, dia
14, na Escola Municipal Professora Stella Brandão Campelo.
Para a coordenadora pedagógica, Maria Alice Abranches, o público diferenciado
de alunos reforça ainda mais a necessidade do aperfeiçoamento profissional dos
professores. “O educador de EJA tem que se preparar não só pedagogicamente, ele tem
que ter qualificação em outras dimensões, como acolhimento, afetividade e adequação
de conteúdo”, relata.
A procura pela Educação de Jovens e Adultos vem crescendo consideravelmente
em Ubá. Em 2013, o município possuía três turmas nesta modalidade, número que subiu
para 11 em 2014. O novo semestre da EJA começa no próximo dia 30 de julho.

PSE Realiza atividade educativa e avaliação Nutricional

O Programa Saúde na Escola – PSE, coordenado pela Secretaria Municipal da Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação segue realizando atividades nas Escolas da Rede Municipal. Durante os dias de 14 a 17 de Julho, a Nutricionista Cínthia Teixeira de Oliveira, esteve na Escola Municipal Recanto São Domingos, onde todas as crianças foram avaliadas nutricionalmente e participaram de uma atividade lúdica a fim de estimular a alimentação saudável e valorizar os alimentos na merenda escolar.

De acordo com o Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, os cardápios da alimentação escolar devem ser elaborados por nutricionista responsável, com utilização de gêneros alimentícios básicos, respeitando-se as referências nutricionais, os hábitos alimentares, a cultura e a tradição alimentar da localidade, pautando-se na sustentabilidade e diversificação agrícola da região, na alimentação saudável e adequada.

Para Denise Bressan, Coordenadora do PSE, “Este trabalho de prevenção em saúde do programa já foi realizado também na Escola Municipal Vovó Maria da Dores e Creche Lupam 1 e 2. Os resultados foram excelentes, pois a Nutricionista conta histórias, utilizando alimentos da própria cantina escolar. As crianças interagem e assimilam com mais facilidade o conteúdo e multiplicam o que aprenderam em casa” disse a Coordenadora.

A importância da merenda escolar está comprovada em inúmeros estudos e pesquisas. Promover uma alimentação escolar de qualidade é trabalhar por uma melhor educação pública no País, porque bons níveis educacionais também são resultados de alunos bem alimentados e aptos a desenvolver todo o seu potencial de aprendizagem. Uma merenda saudável e nutritiva é, nesse sentido, base para o crescimento das gerações que construirão o futuro deste País.